Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico, Evolução e Autoavaliação do Programa
Início do conteúdo da página

Histórico, Evolução e Autoavaliação do Programa

Publicado: Quarta, 26 de Maio de 2021, 20h35 | Última atualização em Sexta, 28 de Maio de 2021, 19h13 | Acessos: 100

Do Histórico e Evolução


A criação do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UFAM – PPGO, ocorreu em 2012, com uma área de concentração em Ciências Odontológicas, e buscou responder a uma imperiosa demanda da realidade regional que contava, à época, com apenas 2.683 doutores, correspondente a 4% no país. O número de programas de formação de docentes e de pesquisadores na Amazônia é escasso e esta situação agrava-se no campo da saúde, onde o número de programas de pós-graduação é reduzido.


Atualmente a região Norte possui apenas dois Programas de Pós-Graduação em Odontologia, um em Belém-PA (nota 4) e o outro da UFAM no Amazonas (nota 3).

No Estado do Amazonas, por mais de quatro décadas, a UFAM era a única responsável por formar cirurgiões-dentistas no estado. A partir dos anos 2000, outras instituições foram abertas e hoje existem 9 cursos de graduação em Odontologia reconhecidos pelo MEC em Manaus. O curso de graduação em odontologia da UFAM tem mais de 50 anos de funcionamento e é avaliado com a nota máxima de 5 pontos no
ENADE nas duas últimas edições (2017 e 2019) e oferece 42 vagas anuais no processo seletivo.

 

O PPGO-UFAM criado em 2012, representa para os egressos dessas 9 IES a única opção para realizar o Mestrado em Odontologia no seu próprio estado. O programa tem por objetivo a formação de indivíduos capazes de atuar na docência do ensino superior e na pesquisa científica na área de Odontologia. Em 2021 o PPGO já havia titulado mais de 75 mestres para atuar no mercado de trabalho do estado do
Amazonas bem como em outros estados da região amazônica.


Nossos egressos possuem uma ótima inserção no mercado de trabalho, segundo resultados da pesquisa de acompanhamento do egresso. A maioria atua como docente nos cursos de odontologia de Manaus, o que torna o PPGO um grande mediador para mudar indiretamente a qualidade destes cursos de graduação.

Até 2019, o PPGO contava com uma área de concentração denominada Ciências Odontológicas com quatro linhas de pesquisa, pensadas, à época da criação do programa, em função da expertise dos docentes. Na última avaliação trienal, em 2017, o programa, com apenas 5 anos de funcionamento, foi mantido com nota três, recebeu conceito bom em todos os quesitos, com exceção do item produção intelectual que permaneceu regular.

 

Do Planejamento Estratégico e Autoavaliação


O colegiado do programa realizou várias reuniões em 2017 para analisar o resultado da avaliação quadrienal e traçar o planejamento  estratégico para o quadriênio. O planejamento estratégico foi alicerçado em 4 pilares, sendo: Qualificação da produção, Interação com a graduação, Estágio docente e Reforma da estrutura curricular do curso.


Em fevereiro de 2019, o programa recebeu consultores externos para auxiliar no seminário de avaliação do programa iniciando assim o quarto pilar do planejamento estratégico, o da reforma curricular. Após ampla discussão e análise crítica do que fora apresentado, foi deliberado a mudança de uma única área de Concentração denominada Ciências Odontológicas para três áreas: Saúde Bucal Coletiva, Reabilitação Oral e
Biopatologia; bem como a mudança da Estrutura Curricular do programa.


Em 2020, apesar de toda problemática enfrentada em Manaus causada pela pandemia, das perdas de muitos familiares ligados as pessoas envolvidas no PPGO, mesmo assim o programa avançou no ensino remoto e todas disciplinas obrigatórias e optativas que se enquadravam  neste modelo de ensino foram ofertadas aos discentes, além das qualificações e defesas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página